Conheça o pro settings de mouse e monitor de elenco da MIBR

A equipe brasileira MIBR divulgou as configurações do Counter-Strike: Global Offensive (CS:GO) de seus jogadores. Em vídeo feito pelo Movistar Riders, organização de esports que recebeu os atletas para bootcamp em Madri, Gabriel “FalleN” Toledo, Marcelo “coldzera” David, Fernando “fer” Alvarenga, Epitácio “TACO” de Melo e Fernando “fer” Alvarenga detalham suas preferências de configurações para jogar.

FalleN tem mais de 20 mil horas no CS — Foto: Divulgação/MIBR

Gabriel “FalleN” Toledo tem 27 anos e joga Counter-Strike competitivamente desde a versão 1.5 e 1.6. Segundo o mesmo, ele tem um total de mais de 20 mil horas jogadas nas diferentes versões do game. Os times mais notáveis de FalleN foram a Luminosity Gaming, SK Gaming e MIBR. FalleN venceu dois Majors: um pela LG e outro pela SK. Os dados do jogador encontram-se na tabela a seguir.

FalleN diz que nas configurações de vídeo do CS:GO ele desabilita praticamente todas as opções, como antiserrilhado e shaders. Ele ativa a renderização multinuclear, pois a opção faz com que todos os núcleos do processador sejam utilizados no game.

 

Felps

Felps diz que suas configurações de vídeo são todas no low — Foto: Reprodução/GAStore

João “Felps” Vasconcellos tem 22 anos e joga CS desde 2006. De acordo com o atleta, mais de 9 mil horas foram investidas no game. Felps jogou pelas equipes da Immortals, SK Gaming e foi escalado para ser o quinto player da MIBR em janeiro de 2019. Abaixo, encontram-se as settings do jogador.

Felps disse que para a tela modifica apenas o fps, porém sem maiores detalhes. Além disso, ele não altera as configurações de áudio do jogo. Quanto às configurações de vídeo, Felps as utiliza todas na qualidade baixa, com exceção da qualidade das sombras, que fica em alta.

Fer

Fernando “fer” Alvarenga tem 27 anos e está no CS desde o 1.6. Fer contabiliza um total de 6 mil horas no CS:GO, valor consideravelmente menor que seus companheiros de equipe. Fer é um dos integrantes mais antigos da equipe de FalleN e passou pelas orgs Luminosity Gaming, SK Gaming e, atualmente, MIBR. Fer é também bicampeão do Major, conquistados ao lado de FalleN.

fer afirma ter apenas 6 mil horas no CS:GO — Foto: Divulgação/ESL

Fer disse que não altera as configurações de áudio do CS:GO. Para vídeo, o pro player prioriza o desempenho do game, portanto, configura todas as opções no mínimo possível.

TACO
TACO durante sua passagem pela Team Liquid — Foto: Divulgação/Epicenter
Para os ajustes de vídeo, TACO diz que não os altera.

Coldzera

coldzera empata com FalleN no número de horas investidas no CS: 20 mil no total — Foto: Divulgação/ESL

Marcelo “coldzera” David tem 24 anos de idade e afirma que teve 10 mil horas no CS 1.6 e outras 10 mil no CS:GO, o que lhe dá o total de 20 mil horas, assim como FalleN. O jogador foi eleito como o melhor do mundo por duas vezes consecutivas, em 2016 e 2017. Além da MIBR, cold passou pelas equipes da LG e SK,e também esteve presente durante a conquista dos dois títulos do Major.

Coldzera disse ainda que suas configurações de vídeo são no padrão do jogo.