Banda The Flaming Lips organiza concerto dentro de bolhas insufláveis gigantes

A banda acredita que o setor musical não pode parar e tem de se reinventar, visto não se saber quando é que irá aparecer uma cura para o novo coronavírus.

A banda The Flaming Lips decidiu dar um concerto, esta segunda-feira, dentro de bolhas insufláveis gigantes, no estado norte-americano de Oklahoma. Tanto a banda como o público estiveram dentro de bolhas para garantir a segurança de todos e impedir a propagação da covid-19. O vídeo partilhado pelo vocalista Wayne Coyne nas redes sociais está a ter um feedback muito positivo por parte dos seguidores.

Esta não é a primeira vez que a banda utiliza as bolhas insufláveis durante um concerto. Mesmo antes da pandemia, o vocalista Wayne Coyne utilizou várias vezes as bolhas durante os espetáculos.

A banda acredita que o setor musical não pode parar e tem de se reinventar, visto não se saber quando é que irá aparecer uma cura para o novo coronavírus. “Penso que este é o tipo de dilema em que todos nos encontramos. Estamos à espera que volte tudo ao normal ou estamos a começar a conspirar, ‘Como é que é o futuro? Qual é o futuro da música ao vivo?”, questionou o vocalista da banda numa entrevista ao site Brooklyn Vegan.

Wayne Coyne garantiu ainda que os fãs são capazes de respirar normalmente dentro das bolhas durante várias horas e defende que as bolhas insufláveis podem ser utilizadas por mais artistas em outros concertos.